Buscar
  • Denise Personal Kids

O TDAH e as aulas online

Denise Schmitt Garcia


Para reter a atenção de uma criança com TDAH, as informações precisam ser diretas, com linguagem simples e objetiva. É interessante que a criança consiga perceber pistas para fixar o conhecimento, através dos sinais, gestos e entonação de voz. Além disso, ter listas esquemas e lembretes pela casa ajudam muito na organização. Estímulos audiovisuais ou sensoriais, têm grande poder de memorização e, por isso, são opções melhores do que cópias, textos ou longas conversas e explicações..


Em tempos de Pandemia, com as aulas escolares acontecendo no campo virtual, as crianças com TDAH sofrem ainda mais para se manterem conectadas com as telas de computador e com o conteúdo que está sendo transmitido. Para essas crianças, o esforço é triplicado e se os pais já estão sofrendo com este novo esquema de estudo, os pais de crianças com TDAH estão sofrendo muito mais, junto com seus filhos.


É importante que a criança tenha poucos estímulos visuais no local em que realizará as aulas online. Uma borracha diferente já é o suficiente para que ela disperse a atenção! Portanto, deixe o mínimo de itens possível sobre a mesa, no quarto, na sala, no estojo...


Após o término da aula, aconselho que você reserve 30 minutos de seu dia para retomar o que foi aprendido. Muitas vezes, nessa retomada é possível fixar algum conteúdo perdido em momentos de dispersão em frente ao computador. Aproveite para propor uma pesquisa, conversar sobre ciências, geografia, usar grãos para trabalhar a matemática, ler os textos de português com uma voz diferente, usar bonecos para interpretar com conto, brincar com letras de EVA para estimular a alfabetização... Essa retomada, quando feita de forma diferente e mais lúdica, faz com que a criança estabeleça associações com o que aprendeu na escola e assim, o aprendizado costuma acontecer de maneira mais efetiva.

Toda essa nova situação de aprendizagem em casa está causando sofrimento para os pais, mas para as crianças também! Para muitos, os relacionamentos sociais eram a melhor parte da escola!


Tente aliviar a pressão em casa, facilitar a rotina e estimular seus filhos da maneira que VOCÊ acha que funciona em SUA casa. Todos nós estamos tentando fazer o nosso melhor, e isso é muito importante. O melhor para você não é o melhor para o vizinho, o amigo, o cunhado. Peça a ajuda da escola para organizar atividades e materiais que possam manter as crianças produtivas.


Uma criança com TDAH além de inquieta, é ávida por novidades e experiências criativas. Aproveite todo este potencial para ensinar e aprender muito com o seu filho!


Clique aqui para conferir o artigo completo sobre TDAH.