Buscar
  • Denise Personal Kids

Receitinhas Culinárias - Pais e Filhos na Cozinha

Denise Schmitt Garcia


Quem foi que disse que cozinha não é lugar de criança? Com muito cuidado, um pouco de paciência e uma pitada de empolgação, é possível criar grandes momentos em família, brincadeiras diferentes e muitas aventuras saborosas.


Preparei algumas receitinhas bem simples, priorizando a segurança das crianças. Quando houver a necessidade de utilizar fogão, forno, facas ou qualquer tipo de material que ofereça perigo, peça que mantenham distância. As crianças ficam tão empolgadas com essa nova experiência que não costumam causar problemas para respeitar regras e combinados.


Abuse das texturas, deixe que manipulem e experimentem os ingredientes e se lambuzem! Aproveite para oferecer novos sabores aos pequenos, ampliar as possibilidades das refeições e apresentar este novo mundo cheio de surpresas e aprendizado.


Vamos às receitas!


1. Cookie de banana


Ingredientes:

- 1 banana

- aveia ou granola

- biscoito de maizena

- mel.




Já fiz essa receita algumas vezes com as crianças e é sempre um sucesso! Não precisa assar ou cozinhar, e garante a diversão! Além de saudável, este cookie estimula movimentos que desenvolvem a coordenação motora fina.


Primeiro, pegue alguns biscoitos de maizena e peça para a criança picar em pedacinhos, dentro de um copo de plástico. Quando os biscoitos já estiverem picados, pegue um pilão ou qualquer coisa que eles consigam usar para socar e amassar os biscoitos dentro do copo, formando um farelo. Reserve.


Pegue uma banana, peça para a criança descascar e deixe-a amassar com a mão ou com a ajuda de um garfo. Coloque um pouco de mel, só para dar um gostinho doce em sua receita.


Misture um pouco de granola ou aveia na pasta de banana e vá acrescentando o farelo de biscoito até chegar no ponto desejado. Faça bolinhas, corações, flores... e está pronto o seu cookie!


Você também pode colocá-los 30 minutos no freezer! As crianças adoram comer sorvete de cookie e você ainda pode usá-los como sobremesa a qualquer momento.


2. Bolinhos de batata com queijo


Ingredientes:

- 2 ou 3 batatas

- sal

- queijo muçarela

- manteiga





Peça a ajuda da criança para escolher as batatas. Chame a atenção dela para o tamanho, o cheiro, o formato e o número de pessoas que irá comer os bolinhos. Enquanto ela escolhe e observa as batatas, você pode ir descascando. Aproveite para conversar sobre a casca dos alimentos e sua importância.


Corte as batatas em pedacinhos finos e peça para ela colocar em uma panela com água e uma pitada de sal. Cozinhe por aproximadamente 20 minutos. Nesse tempo você pode pedir a ajuda da criança para untar a assadeira com a manteiga.


Quando a batata estiver cozida, ajude a criança a amassá-la com um garfo e depois misture um pouco de manteiga, formando uma espécie de purê. O calor da batata cozida acaba derretendo a manteiga e você terá uma boa oportunidade para conversar sobre esse processo!


Quando o purê estiver pronto, terá a textura da massinha de modelar. Pegue um pedaço, abra na mão e recheie com um pedacinho de queijo muçarela. Enrole o bolinho como se estivesse brincado de massinha mesmo!


Coloque os bolinhos na assadeira untada e leve ao forno pré aquecido, ou na airfryer por aproximadamente 15 minutos.


Esses bolinhos podem ser consumidos frios, sem a necessidade de assar. Mas é claro que, bem quentinho e com o queijo derretendo fica muito mais gostoso!


3. Brigadeiro de aveia


Ingredientes:

- aveia

- chocolate em pó

- leite em pó

- água




Esta é uma receitinha que gera um pouco de “meleca”, mas o resultado fica delicioso e as crianças adoram! Coloque uma roupa velha e prepare o ambiente para uma pequena sujeira. Fiquem tranquilos, que tudo sempre acaba bem!


Pegue um pote pequeno e peça para a criança colocar 3 colheres de sopa de leite em pó. É importante que ela possa manipular sozinha as colheradas, para treinar a coordenação motora, a noção espacial, o equilíbrio...


Acrescente 3 colheres de sopa de chocolate em pó e chame a atenção da criança para a mudança na cor do pó que estará no pote. Mexa tudo.


Peça para ela colocar água aos poucos, de colher em colher, e ir mexendo sempre. É interessante deixar as crianças pequenas observarem a mudança de estado da experiência: de um pó seco para uma pasta úmida.


A essa altura, a meleca já está feita e será preciso manipular a mistura com as mãos. A aveia tem a função de “dar o ponto” na mistura de leite em pó com a água e o chocolate. Algumas crianças sentem aflição ao colocar a mão na textura viscosa. Neste caso, use mais aveia para deixar a massa um pouco mais dura.


Depois é só fazer bolinhas, passar no granulado (ou não) e levar à geladeira ou freezer por 15 minutos.


Se quiser deixar a receita ainda mais deliciosa, abra a massa do brigadeiro e coloque um pouquinho de Nutella como recheio. Quando o brigadeiro endurece, a Nutella fica mole no meio e a sensação é ainda mais interessante!


4. Sanduíche de arco íris


Ingredientes:

- 2 fatias de pão de forma

- queijo muçarela

- corantes comestíveis coloridos.






Essa receita é bem simples e fica com um visual incrível.


Peça para a criança picar pedacinhos de queijo muçarela em um pote. Separe o queijo em porções iguais ao número de cores quevocê tem de corantes comestíveis. Quanto mais cores tiver, mais incrível ficará o seu sanduiche.


Coloque gotas do corante em cada porção de queijo e misture bem, até a cor incorporar em todo o queijo.


Pegue uma fatia de pão de forma e peça para a criança colocar o queijo colorido da maneira que quiser.


Depois é só fechar com a outra fatia e colocar na tostadeira ou em uma frigideira para o queijo derreter.


Corte o sanduíche ao meio e você terá todas as cores derretidas ao mesmo tempo, formando um arco-irís comestível!



5. Panqueca de banana


Ingredientes:

- 1 banana

- 1 ovo

- ½ xícara de chá de tapioca

- mel ou Nutella.





Esta é uma receita saudável e bem nutritiva e você pode usar como lanchinho da tarde, sobremesa ou até para brincar. Veja só!


Pegue uma banana e peça para a criança descascar. Ajude-a a amassar bem a banana com a mão ou com um garfo. Coloque em um pote mais fundo.


Peça para a criança quebrar um ovo e colocar dentro do pote. Os pequenos amam quebrar ovos! Não tire esse prazer deles quebrando-os você!


Misture bem o ovo na banana. Depois acrescente a tapioca e misture tudo com uma colher.


Agora será a sua vez! Pegue uma frigideira antiaderente e frite a mistura da panqueca de um lado até que comece a desgrudar. Vire para tostar do outro lado. Normalmente não é necessário colocar manteiga.


Quando a panqueca estiver pronta, você pode colocar um pouquinho de mel, Nutella, açúcar ou canela em cima. Fica uma delícia!


Gosto também de brincar de escrever as letras com Nutella em cima da panqueca. A criança e você molham o dedo na Nutella e fazem uma letra na panqueca. Cada vez que um acerta a letra feita pelo outro, pode dar uma mordida! É divertido perceber as crianças dando mordidas pequenas para a brincadeira não acabar!


Criar, Comer e Aprender


A vivência na cozinha proporciona inúmeros aprendizados para a criança!


A brincadeira começa ainda no mercado! Levar a criança para comprar os ingredientes é uma grande aventura. Para aquelas em idade de alfabetização, a lista de compras ainda serve como treino de leitura e escrita.


A escolha dos recipientes também é um passo importante. Decidir o que cabe ou não cabe em determinado espaço, optar por lugares secos ou úmidos para colocar os ingredientes, separar as tampas equivalentes para cada pote, escolher os talheres e o espaço que será utilizado...


Brincar na cozinha exige: organização, respeito às regras para o preparo, tolerância à frustração (no meu caso com os bolos que nunca crescem!), coragem para testar e produzir e, posteriormente ousadia para criar novos sabores.


É uma atividade literalmente deliciosa de se fazer com as crianças pequenas e grandes. Além de muito aprendizado e desenvolvimento, ainda fortalece vínculos e aproxima a família. Todo mundo aprende!


Na cozinha não existe idade para começar a se aventurar e muito menos para terminar! Se for um ambiente livre, agradável e interessante para os seus filhos, cozinhar juntos se tornará um hábito e aí, pais e mães terão sempre um parceiro para novas aventuras!