Buscar
  • Denise Personal Kids

Em tempo de Quarentena...

Denise Schmitt Garcia


Muitos pais se desesperam com a possibilidade de ter a criança, ou muitas vezes as

crianças, o dia todo dentro de casa. Antes de falarmos sobre programas e atividades para este período em que estamos vivendo, preciso lembrar que as crianças também podem se estressar com o relacionamento intenso com os pais. Todo mundo junto e misturado, às vezes, dá trabalho!


Já ouviu falar sobre ócio criativo? A criança, assim como nós, precisa de tempo livre para

criar, pensar, imaginar, fantasiar e encontrar possibilidades. As crianças de hoje, não estão acostumadas a ficar sem fazer nada. O ócio incentiva a criatividade e é necessário para o desenvolvimento.


Independente se a casa está repleta de brinquedos e materiais, incentive a sua criança a

buscar um brinquedo abandonado, a usar sucata e materiais para criar algo novo, a plantar algo no jardim, construir uma cabana de lençol... Mas lembre-se de oferecer somente ideias, e não realizar toda a brincadeira. Brincar junto vale, mas sem ditar regras! Aprenda a aceitar as sugestões dos pequenos.


TV, Ipad, Iphone e games não devem fazer parte deste tempo de ócio criativo: eles acabam limitando a criatividade infantil. Pode jogar e assistir TV sim, porque, nesse tempo de reclusão, é muito importante fazer e curtir o que se gosta, mas sempre com moderação.

Estabeleça horários junto com a criança para que ela saiba os combinados e assim, não reclame quando o tempo acabar.


Nesses momentos em que as aulas estão interrompidas, é importante um planejamento para que a criança não se desligue completamente das atividades pedagógicas e obrigações escolares. É preciso estimular e valorizar o aprendizado, tanto quanto os momentos de brincar. Não e necessário brigar para estudar ou fazer lições de matemática, ler textos...

Tudo deve ser programado com antecedência.

Respeite o período de lazer e combine com a criança um esquema que não atrapalhe nem a sua produção escolar e nem a sua diversão.

A parte boa deste tempo de reclusão são os momentos que a criança terá para estreitar

laços com a família e com a sua própria casa. Passar mais tempo com as suas coisas, em seu ambiente faz com que ela reforce sua essência e seu papel na sociedade. Na correria do dia a dia e na rotina escolar, a casa acaba sendo somente um local de passagem. Por isso, este momento pode ser um porto de aconchego e descanso também para os nossos pequenos.


Bom, agora que falamos sobre este momento de reclusão forçada e os pontos importantes a serem considerados, sinto-me mais tranquila em oferecer opções de lazer que contribuem para que este período seja menos conturbado, mais divertido e dinâmico para as crianças.


Vamos começar com ideias diferentes que podem ser feitas em casa:


BRINCANDO EM CASA


Pintura de pedras

Coletar pedras já é uma aventura, pintá-las depois, então, é fantástico. As pedras têm

formatos e texturas diferentes e podem ser pintadas com tinta guache. Esta atividade

rende horas e exercita a criatividade da criança e a sua! Tente!


Brincar de cabana

Montar uma cabana de lençol em casa dá trabalho, mas não conheço nenhuma criança que não gosta. Eles podem fazer picnic na cabana, fazer sonecas, organizar uma nova casa...


Jogo do errado

Esta é uma atividade interessante para as crianças muito organizadas ou cheias de regras. Trata-se de atividades simples, mas diferentes do habitual. Que tal passar o dia descalça ou com sapatos diferentes em cada pé? Ou lavar a cabeça com sabonete e tomar banho de shampoo? Comer com o prato virado de boca para baixo? Tomar sopa com garfo? É divertido e mostra para a criança novas possibilidades que funcionam, mas fogem dos protocolos convencionais.


Massinhas caseiras

As crianças adoram brincar de massinha. Você já pensou na possibilidade de fazê-las em casa? Os ingredientes são: farinha de trigo, maisena, pó de gelatina e água. Se quiser que ela fique mais macia, pode acrescentar um pouquinho de óleo.


Horta

Que tal comprar uma caixa plástica para construir uma horta? É uma excelente

oportunidade de as crianças cuidarem de uma plantinha, regarem e... muitas vezes...

afogarem a coitada! Esses itens são vendidos no supermercado. Procure escolher sementes que nascem rápido, tipo: feijão, cenoura, manjericão, hortelã. Assim a criança se anima a continuar cuidando de sua plantinha. Isso ajuda no aprendizado de responsabilidade.


Piquenique de guloseimas saudáveis

Que tal um piquenique na varanda ou no quintal, com coisinhas gostosas e saudáveis?

Sugiro pipoca caramelada, tomatinhos cereja, morangos, banana picadinha, pães de queijo, biscoito de polvilho, uva... É interessante que a criança participe da escolha dos

ingredientes, da organização e até da preparação do ambiente.


Fazer outra criança feliz

Nesses momentos em que parece que passamos a vida a limpo, isso também pode ser

estendido às crianças. Vale a pena falar e refletir sobre a vida de outras crianças. É uma oportunidade para conversar e separar brinquedos que não são mais usados para alegrar crianças que não tem nenhum. Essa atitude, além de introduzir nos pequenos o sentimento de solidariedade, proporciona maior valorização dos itens da casa. Além disso, eles sempre acabam descobrindo brinquedos esquecidos ou que não tinham importância na época e que agora passam a ter.